República do Pampa – Habitação Estudantil, flexível, modular e mínima

O espaço qualificado contribui para o desenvolvimento do intelecto do Ser humano. Atribuir valor as coisas, na arquitetura possui os valores de utilidade, de estabilidade e da beleza, ou seja, propõe soluções funcionais, estéticas e a flexibilidade da edificação que sugere alterações a baixo custo para demandas das necessidades individuais e coletivas.
Tendo em vista o caráter pela necessidade da demanda dos universitários da Unipampa, implantando um projeto de apelo social e econômico para o município de Caçapava do Sul.
A edificação estudantil será de caráter particular para atender as necessidades de moradia para os estudantes da UNIPAMPA, oriundos de outras cidades, Estados do Brasil e outros países, que não forem contemplados com o auxílio moradia. Além destes, os docentes da instituição, os professores e servidores, poderão alocar o espaço da edificação para fins de moradia e/ou estadias.
Neste sentido a edificação estudantil, de caráter privado, se apresenta como uma solução demanda de moradia, tendo em vista o custo benefício que a qualidade do espaço proporciona.
Com caráter privada foi desenvolvida para sanar necessidades individuais e coletivas de moradia, trabalho e lazer, tendo em vista o valor social agregado; Capacidade para 102 pessoas em 75 unidades habitacionais;
Loft’s para até três estudantes a flat’s para até quatro estudantes;
Princípios de flexibilidade, da modulação construtiva e minimalismo arquitetônico.
OS TRÊS PILARES PARA O CONCEITO:
A FLEXIBILIDADE, A MODULAÇÃO E O MINIMALISMO
A FLEXIBILIDADE ESPACIAL: Possibilidade de o morador resolver espaço, conforme suas necessidades individuais, de acordo com sua personalidade.
Planta livre;
Possibilidade de diferentes arranjos espaciais.
A MODULAÇÃO CONSTRUTIVA: A pré-fabricação dos recursos de construção.
Padronização das técnicas de construção através da racionalização de métodos e processos de execução.
Possibilidade de aplicação noutros terrenos sem perder suas características.
O MINIMALISMO ARQUITETONICO: Composição dos materiais.
Isenção de revestimentos ou tratamentos para mascarar a superfície.
PARTIDO ARQUITETÔNICO – Para a flexibilidade, a modulação e o minimalismo, acontecer…
“CONSTRUIR MELHOR, COM MENOS.”
Para que finalidade?
Para a flexibilidade do espaço a custo de locação irrisório atrelado ao fator econômico;
Modelo de construção que poderá ser implantado no município.
O que contempla esta edificação?
Moradia, lazer, trabalho e estudo;
Conceito de flexibilidade, proporcionando apartamentos com planta livre, flexível, possuindo de 1 à 3 dormitórios e mais lofts com mezanino.
O conceito de flexibilidade vai ao encontro da definição de qualidade residencial, pois é resultado da possibilidade de o espaço ser resolvidos de acordo com características individuais e coletivas de seus usuários.
Sobretudo, esta habitação proporciona versatilidade no seu uso devido à sua localização, na proximidade a universidade e o espaço público no térreo que integra e reinterpreta o sentido de habitação enquanto necessidade de moradia local.

Deixe seu comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783