Hotel Central

O atual momento social globalizado vive a excitação da mobilidade, e logo os indivíduos itinerantes catalisam a demanda pela habitação transitória. Com isso e o caráter industrial da cidade de Caxias de Sul, que integra uma rede de produção e consumo global, justifica-se as estruturas para abrigar estes indivíduos e agentes.
O tema desta abordagem é o desenvolvimento de um projeto hoteleiro, com caráter central, para a cidade de Caxias do Sul. O projeto de habitações transitórias e espaços de destino semi público com acentuada acessibilidade local atento à linguagem e modo de vida do seu tempo. Os programas hoteleiros assim como as urbanizações, ou setores dela, apresentam maior eficiência quando há harmonia de usos complementares e democratização dos espaços. Sendo assim o projeto visa relação efetiva com o entorno estabelecendo-se de maneira contextual e presente. Ainda por se tratar de um programa de iniciativa privada a proposta é ciente às demandas de viabilidade do setor.
O antigo sítio ferroviário de Caxias do Sul apresenta notória vocação de lazer e reunião social resiliente ao seu uso inicial. O conhecimento histórico, dos valores do sítio e transformações futuras acenam à necessidade de intervenções coesas a formação e manutenção da paisagem histórica do lugar e presumidas atividades neste ambiente animado. O sítio apresenta os requisitos necessários e a vocação para exercer referencia na imagem da cidade. A alta concentração de atrativos e sua possibilidade de intercomunicação peatonal estimula o fluxo de usuários peatonais, que caracteriza a área. O lugar ainda apresenta diferença morfológica do restante do tecido urbano central da cidade devido aos espaços livres e amplidão urbana.
A designação semi publica dos espaços transitórios do edifício baseado no repertório programático adotado enfatiza a demanda de fluxo peatonal, que é efetiva devido a atual e presumida qualidade dos espaços no sítio de implantação. A proximidade a equipamentos com grande poder de concentração de pessoas viabiliza a constância dos movimentos.
A concepção do projeto, em acordo com as necessidades de negócios do setor hoteleiro, contempla tecnologicamente a rápida execução e flexibilidade no uso dos espaços.
A facilidade de acesso regional ao lote, ainda que em área central é real devido á morfologia do sistema de vias de acesso à cidade. O balizamento setorial e a escolha do lote dão-se de acordo com potencialidades locais e viabilidades físicas legais para o desenvolvimento do projeto de um edifício de uso social e hoteleiro com noventa unidades habitacionais e espaços de eventos, comércio e lazer a fim de efetivar a pertinência pública do projeto.

 

 

Tema: Arquitetura Comercial
Tags: Caxias do Sul, Hotel

Deixe seu comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3743

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3743