POPU(LAR): Reurbanização do Loteamento Santa Fé em Caxias do Sul

Meu Trabalho de Conclusão de Curso apresenta o processo de elaboração de um projeto para o Loteamento Santa Fé, na cidade de Caxias do Sul – RS, abordando estudos locais, diagnóstico até o desenvolvimento de um partido geral, prevendo a inserção de novos edifícios e espaços públicos. Trata-se de um loteamento popular realizado pela Prefeitura Municipal, localizado na Zona Norte do município, confrontando com a Rodovia RSC 453, no bairro de mesmo nome. O Bairro contempla diversos programas sociais e por tal, tem predominância de população de baixa renda. O loteamento em questão, foi uma das primeiras ocupações e mantém características da segregação causada principalmente pela presença da rodovia e da falta de planejamento nas ocupações consequentes, muitas em áreas ilegais.

O projeto traz a temática de reurbanização de área em vulnerabilidade social, consequência das constantes migrações e crescimento populacional, que resultou em ocupações em faixas de domínio ou áreas com inadequada implantação, em espaços insalubres.

A proposta é a elaboração de um projeto urbano em diversas escalas – macroescala (a cidade e o acesso ao loteamento), mesoescala (o bairro e o entorno imediato da área de intervenção) e microescala (o loteamento em si). Através de entrevistas e levantamento de dados do local, o projeto busca alterar a percepção da região como zona insegura e de invasão, criando um espaço que orgulhe e acolha seus moradores.

Para as intervenções no local, embasou-se nas estratégias adotadas pelo UN-HABITAT, Programa das Nações Unidas, que desde 1978 coordena atividades no campo do desenvolvimento de assentamentos. A partir do seu plano de ação para assentamentos precários (2006), são desenvolvidas cinco estratégias: a criação de Habitação Popular, buscando a melhoria da qualidade de vida de todas as famílias do Loteamento que se encontram em alguma situação de vulnerabilidade – removidas mas realocadas no próprio bairro; a implantação de uma escola de educação infantil, atendendo à necessidade da população; novas conexões viárias, de modo a facilitar a acessibilidade e comunicação com outras áreas; geração de empregos diretos e permanentes na região, através da mistura de usos no bairro, que hoje possui quase uma totalidade residencial, trazendo dinâmica e nova vitalidade; e novos espaços públicos, implantados na faixa de domínio, como estratégia de embelezamento urbano e espaço de encontro e trocas sociais.

Para a habitação, tem-se o cuidado de abrangência dos diferentes perfis familiares levantados e casos específicos das ocupações, em duas tipologias habitacionais padrão (para edifícios mutifamiliares e para sobrados unifamiliares). Ambas cumprem o mesmo programa, em uma malha única para utilização de técnicas construtivas modulares, otimizando custo, a rápida produção e uso de materiais regionais, mais sustentáveis. As tipologias abrigam uma moradia com até três quartos, devido à possibilidade de expansão da sacada, conectada às áreas de estar.

Com o estudo completo, estima-se a valorização das conexões entre os espaços e a recuperação de áreas de qualidade ao Loteamento Santa Fé, ladeados por edifícios que mesclem qualidade arquitetônica e harmonia urbana com contexto existente.

Deixe seu comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783