MOBILIDADE URBANA – Turismo e Conexões na Orla de Torres/RS

Para a elaboração do projeto foi definido um eixo principal de intervenção. O eixo
escolhido como estruturador foi: a orla da Prainha, Morro do Farol, Centro Histórico e a
Praia da Cal. O local mostrou-se interessante, pois a separação das praias pelo Morro do
Farol fez que com que os dois locais tenham características distintas; enquanto um se
tornou um ponto atrativo com vitalidade urbana, o outro tem caráter residencial com
pouco uso. Outro fator determinante na caracterização das praias é o sistema viário: a
única ligação direta entre as duas praias é o calçadão situado na base do Morro do farol.

No Centro Histórico, o eixo visual da Lagoa do Violão com a Igreja São Domingos
foi retomado. Para conectar esse eixo fisicamente foi estabelecida uma nova escadaria,
com espaços para apresentações de teatro ou dança, área de lazer, visual para a lagoa,
serra e o pôr do sol. Para facilitar o acesso a Igreja foram instalados os módulos do
funicular ao lado esquerdo da escadaria visto da lagoa, com um ponto de parada na rua
Júlio de Castilhos, tornando essa área acessível para as pessoas portadores de
necessidades especiais ou mobilidade reduzida.

Com o intuito de diminuir o uso do automóvel no Morro do Farol, foi estabelecido
um novo estacionamento próximo à Escola Técnica Cenecista, ao mesmo tempo
incentivando que ela tenha um novo uso. Para tornar o local acessível foi instalada a
estação do funicular no topo do morro. A estação para quem chega pela Praia da Cal ao
Morro do Farol é encravada na rocha, abaixo do nível do morro, em concreto armado,
totalmente envidraçada em sua fachada para manter a imagem da lanterna no alto do
morro. O passeio foi alargado e decks foram criados para gerar um enquadramento da
paisagem, já que atualmente não é possível acessar a área logo após a calçada.

A Praça Marechal Floriano se torna um grande ponto de integração modal na
cidade, onde é possível chegar nela pelo VLT e seguir caminho até a Lagoa do Violão ou
o Morro do Farol através das estações dos funiculares, que estão posicionadas
estrategicamente próximas a parada do VLT. Sendo assim, a praça que estava
abandonada e sem vitalidade gera um novo ponto turístico, fazendo com que a Igreja São
Domingos tenha mais visitantes e seja acessível para todos os moradores e turistas.

Com a intenção de priorizar o pedestre e a paisagem natural, foi reduzido o
estacionamento da Prainha e o uso de Parklet será aderido nos finais de semana ou em
dias de feiras, pois a via compartilhada torna o sistema viário mais seguro e atrativo. A
desapropriação das casas irregulares na base do Morro e realocação das antenas recupera
parte da paisagem, evidenciando o Farol, que já não era mais visto a meio de tanta
poluição visual. Permitir o uso comercial proporciona que o local seja utilizado todos os
turnos, fazendo com que haja mais segurança e olhos para rua.

Deixe seu comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783