Erd Bier: Microcervejaria, lazer e cultura. O

O projeto consiste na implantação de uma Microcervejaria na cidade de Santo Cristo/RS, para a produção de cervejas artesanais. O projeto contemplará um pub, uma loja com os produtos fabricados e um espaço para exposições da história da cerveja, permitindo o lazer e a cultura para os apreciadores cervejeiros locais e se estendendo também à população regional. O intuito é um espaço de caráter público, apesar de ser um equipamento privado, criando um espaço de descontração e lazer para a comunidade. O nome adotado para a Microcervejaria é “ErdBier”, expressão em língua alemã que pode ser traduzida como “Cerveja da Terra”, relembrando o slogan do município: “Santo Cristo, Terra do Homem da Terra”. Com base na forte influência cultural oriunda da colonização alemã do município, buscou-se evidenciar na edificação esses traços culturais. Assim, o projeto busca valorizar e resgatar traços da técnica enxaimel de forma indireta na sua composição formal, técnica alemã trazidas diretamente da Alemanha pelos imigrantes e está presente na fachada da edificação. Quanto às soluções arquitetônicas, partiu-se do princípio de uma planta livre com soluções de flexibilidade e adaptabilidade para o edifício, de modo a permitir a modificação e ampliação da produção conforme necessidade. Sua composição formal desconstruída (módulos vazios), permitiu iluminação e ventilação natural abrangendo mais ambientes da edificação.Os elementos naturais são integrados ao projeto, gerando consequentemente maior conforto térmico e visual. Optou-se pelo uso de pé direito duplo na parte central, pelas necessidades do setor produtivo em função do seu uso industrial. Além disso, possibilitou usufruir das visuais para a produção, criando um mezanino para concentrar o setor produtivo e viabilizando ainda na parte expositiva, a criação de um mobiliário diferenciado e apropriado. Destaca-se em sua materialidade a vedação e cobertura em telha metálica termoacústica tipo sanduíche que contrasta com o vidro e fornece um caráter industrial mesmo que pontual. A madeira está presente na fachada frontal e posterior, material muito usual na arquitetura alemã. O tijolo cerâmico predomina como principal elementos de vedação ficando totalmente aparente, recebendo somente revestimento nas partes necessárias do setor produtivo. O vidro está presente nas principais fachadas da edificação que devido a sua orientação solar (Nordeste e Sudeste).
Assim é possível utilizar aberturas com vidros, proporcionando maior iluminação natural e permeabilidade visual, contribuindo para a integração entre exterior e interior e visibilidade em alguns pontos setor do produtivo. A modulação arquitetônica no projeto, funciona como catalisador da racionalização, possibilitando maior flexibilidade de adaptabilidade ao edifício. Ainda, buscou-se a economicidade através de espaços com caráter mais industrial, permitindo com que os materiais fiquem aparentes, como as estruturas, suas vedações e infraestrutura. O sistema construtivo projetado é estrutura metálica (perfil “I”), contribuindo para uma obra mais rápida, precisa, racionalizada, com maior flexibilidade arquitetônica. Devido as necessidades para do setor produtivo, sanitários e a cozinha do PUB, adotou-se como laje do projeto a pré-laje, em função do seu baixo valor de comercialização e rapidez construtiva, além de auxiliar do isolamento térmico, propiciando equilíbrio na temperatura interna.

Deixe seu comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783