Conjunto Fábrica – Complexo de Fomento à Industria Criativa no Vale do Taquari

O presente projeto contempla uma intervenção arquitetônica e de reuso de um complexo industrial centenário que atualmente encontra-se em desuso, localizado no centro da cidade de Estrela/RS, distante cerca de 100 km de Porto Alegre/RS.
Diferentemente do habitual , este TCC teve como ponto de partida a escolha do terreno e suas pré-existências, para posterior pesquisa de usos que propiciassem perspectivas interessantes ao local. As edificações, tanto as da décade de 20 quanto da década de 70, juntamente da chaminé de alvenaria, emolduram as visuais da população que vive na cidade de Estrela há quase 100 anos, e hoje geram comoção diante do evidente abandono.
O referido complexo ocupa toda uma quadra no centro da cidade, sendo que duas de suas fachadas são voltadas para o Rio Taquari, tornando seu ponto muito privilegiado. Cabe salientar que nos arredores se verifica simultaneamente um abandono das edificações industriais, decorrente da mudança do modal viário que antes se dava via embarcações, e atualmente atráves das rodovias, e, simultaneamente, uma reocupação comercial, onde bares, restaurantes e cafés começam a fazer uso dos espaços.
Desta forma, fazendo uso de fatores inerentes do terreno, como suas visuais, localização privilegiada, bem como das características intrínsecas das pré-existências, como os grandes vãos, pé direito alto e linguagem arquitetônica industrial, se propôs o reuso e adaptação do espaço com o intuito de influir positivamente no desenvolvimento da indústria criativa no Vale do Taquari, além de possibilitar que as pré-existências continuem fazendo parte da vida dos cidadãos do Vale.
Diante disso, buscou-se a proposição de programas que possibilitassem o melhor uso, maior circulação de pessoas, e maior gama de atividades, onde a variedade de usos agisse como forma de oxigenar e trazer mais pessoas ao espaço, devolvendo assim à comunidade as visuais do Rio Taquari, hoje encobertas, bem como espaços artísticos, de contemplação, lazer e aprendizado.
O Conjunto Fábrica contempla um Coworkign subdividido em espaços privativos, empresariais e compartilhados. Também se propôs um Colab para prototipagem, com salas de trabalho e oficinas de trabalho específico, além da proposição de instalações de salas de pintura, fotografia, dança, exposição e auditório, objetivando atender à faixa cultural e demais funções inerentes à indústria criativa.
O projeto também contempla um restaurante na porção oeste do terreno, com visuais para o Rio Taquari, buscando atrair o público já presente na região à conhecer o Conjunto Fábrica. Este restaurante se conecta à pré-existência mediante uma praça, que também serve de entrada principal ao complexo, espaço este onde o caráter público/privado se torna indecifrável, uma vez que tanto a praça, quanto as edificações que com ela possuem contato direto acabam por possibilitar uma conexão natural, de forma a permitir e abranger os mais variados tipos de usos no espaço.
Também se propôs lounges internos, mediante remoção de lajes e paredes, permitindo maior permeabilidade, ventilação e luminosidade à antiga edificação industrial, solução esta encontrada para sanar problemas inerentes de grandes áreas contínuas de edificação sem aberturas ou iluminação natural, permitindo que a antiga Fábrica de Sabões continue respirando.

Deixe seu comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783