Cervejaria General

O projeto está localizado na área central da cidade de Dom Pedrito-RS, cujo entorno é composto por uma arquitetura histórica e eclética, que o projeto respeita e harmoniza. Mantem o alinhamento, e mesmo recuo de um prédio lindeiro. Através do historicismo e contextualismo, correntes da arquitetura contemporânea, são feitas referências formais ao entorno histórico.
Por estar localizado no centro histórico da cidade e o aluno ter grande apreço por elementos historicistas em arquitetura, a obra reflete um estilo compositivo que combina a riqueza volumétrica da atualidade com elementos estilizados de uma arquitetura mais tradicional.
Alguns princípios norteadores do processo criativo, como a busca pela verticalidade, a composição com diferentes materiais, paleta de cores coerente, paisagismo integrado estão presentes para garantir a integração do todo de maneira harmônica.
O espaço arquitetônico é trabalhado de forma a setorizar o estabelecimento racionalmente, separando setor de produção, carga e descarga de materiais, área para funcionários, clientes, etc. Por exemplo, o setor de produção também respeita uma organização racional, no sentido de evitar o fluxo cruzado. É um sistema hierárquico em camadas.
A área externa do projeto é um espaço amplo, que busca a integração do paisagismo com a edificação, para atender eventos ocasionais da cervejaria, além do uso regular do estabelecimento. Por isso a ideia de conceber jardins planejados de forma a não obstruir seu uso.
O projeto traz também uma série de intervenções urbanas com o intuito de abrir visuais para um prédio tombado (a Caixa D’água), atrair o público para o centro da praça e integrar o jardim da cervejaria com esta. Uma como sendo extensão da outra. Alterações visam privilegiar o pedestre e limitar o trânsito de veículos através do alargamento de calçadas, supressão de vagas de estacionamento, passarela elevada para transeuntes e obstáculos na pista de rolamento.
A cervejaria é alicerçada nos três pilares da sustentabilidade: econômico, social e ambiental. A microcervejaria é um empreendimento de natureza econômica e, por isso, sua contribuição neste aspecto é mais evidente. Diretamente existe a geração de emprego e renda e, indiretamente, o estímulo à economia local através da dependência de manutenção e produção que tal estabelecimento necessita para funcionar.
Socialmente o projeto traz o conceito de área externa privada de uso público e intervenções no entorno, como mencionado anteriormente. Além disso, as instalações da microcervejaria dispõe de espaços para a realização de cursos sobre cerveja artesanal para a população.
O pilar ambiental destaca-se nesta “brewpub” como sendo o espírito do negócio. Os elementos que oferecem o conforto térmico, acústico e lumínico fazem parte da composição formal da edificação. O projeto paisagístico, com vegetação cuidadosamente escolhida, espelho d’água/cisterna, os brises, pergolados, toldos e cortinas todos foram pensados em harmonizar forma e função.

Deixe seu comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783