Armazém Vivo – Cooperativa de Produtos Orgânicos

No contexto mundial atual, o tema agricultura orgânica tem grande relevância em função da conscientização pelo não uso de agrotóxicos e adubos químicos, já que estes são extremamente prejudiciais para a saúde e bem-estar do ser humano. Em função da grande procura por alimentos saudáveis, a escolha da inserção da cooperativa de produtos orgânicos se justifica pelo município e região ter grande potencial de crescimento e ampliação na área agrícola.

O projeto visa explanar métodos de produção orgânica de forma alternativa seguindo os conceitos da agroecologia e permacultura que buscam a harmonização entre pessoas, animais, construções e plantas. Além de beneficiar e valorizar o pequeno agricultor e a agricultura familiar, o objetivo principal é fazer com que os cooperativistas possam ter experiências de produção em pequena escala para poder reproduzir posteriormente em sua própria propriedade rural.

A intervenção será proposta na comunidade do Paiol da Várzea, na área rural do município de Ibiaçá-RS. O terreno tem fácil conexão entre as cidades por ser conectado pela rodovia RS 467 que passa tangencialmente em frente ao terreno. O projeto tem como público alvo toda a população em geral, de qualquer classe social e atenderá aos municípios da região.

O complexo contará com setores educacionais, serviço, comercial e de cultivo, distribuídos ao longo de 25 hectares e de 5. 257 m² de área construída. Além disso, hortas em mandala, jardim sensorial e área verde compõe as demais partes do terreno.

A proposta tem o conceito simbólico diretamente ligado à natureza. Buscou-se uma grande semelhança entre algo que pudesse ser relacionado a formas, estrutura e textura. E, sendo assim, por suas características de perfeição, despojamento e pela capacidade de cumprir suas funções com eficiência, a teia de aranha foi escolhida por ser uma grande obra prima da natureza onde seus aspectos simbólicos, tecnológicos, funcionais e estrutural foram aplicados em vários momentos do projeto.

Para a implantação da proposta, foram considerados aspectos fundamentais como o uso de estratégias sustentáveis, bioclimáticas e tecnologias construtivas para uma melhor qualificação dos ambientes e com a redução significativa de custo e agressão ao meio ambiente.

O alimento sempre foi e sempre será necessidade vital de sobrevivência e evolução humana. As sementes são riquezas da terra e do planeta, que promovem a existência da espécie de todos os seres vivos. A industrialização não é o caminho para uma vida saudável. A real importância do Armazém Vivo é fazer com que se busque um novo hábito alimentar e uma relação direta com o cultivo de alimentos, propiciando o resgate afetivo da relação do homem com o alimento, as sementes e a valorização do prazer e da memória degustativa, atrelado ao bem estar qualitativo e democrático aos bens de consumo de real qualidade para nossa saúde.

Deixe seu comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783