Aero Parque

Os espaços abertos públicos proporcionam práticas sociais e culturais, encontros ao ar livre e manifestações da vida urbana e comunitária, colaborando com o desenvolvimento humano e o relacionamento entre as pessoas. Outro benefício importante é a melhoria na habitabilidade do ambiente urbano. Apesar da cidade de Santa Cruz do Sul dispor de espaços públicos que possibilitem atividades de lazer, cultura e esportes, como por exemplo, o Parque da Oktoberfest, Parque da Cruz e a Gruta dos Índios, não há um local aberto que englobe toda essa diversidade de atividades e que o uso seja permitido em qualquer período do dia/noite. Também é importante destacar o bairro Linha Santa Cruz, que encontra-se em constante expansão populacional, mas não possui nem ao menos uma praça.

O município possui 126.775 habitantes (IBGE – 2016) e, aproximadamente, 70 hm² de áreas verdes, resultando em um Índice de Áreas Verdes de 5,54m²/hab. O IAV é um indicador dependente de fatores demográficos e de áreas verdes de uso coletivo que atendam as demandas sociais e de lazer, funcionando como um indicador de qualidade de vida. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o IAV mínimo é de 12m²/hab. Com a implantação do parque urbano no bairro Linha Santa Cruz, além de atender uma área com extrema carência de áreas verdes, o Índice de Áreas Verdes da cidade subiria para 11,14m²/hab.

A escolha do terreno se deu em virtude do atual uso da área, o Aeroporto Luiz Beck da Silva, sendo inadequado visto o conflito que gera com o entorno predominantemente residencial, confirmado através de análise tendo como base o Plano Básico de Zoneamento de Ruído, da ANAC. Além disso, a configuração atual da pista não permite voos comerciais. Para que aeronaves do porte usadas por diversas companhias aéreas pudessem pousar, seria necessário ampliá-la, o que não é viável visto os limites territoriais.
O projeto teve início com o estudo do bairro de Linha Santa Cruz, que tendo este como base, foi possível lançar o plano de bairro, onde foram propostas edificações básicas necessárias e a requalificação do sistema viário, determinando assim a área do Aero Parque. Após a delimitação do perímetro, a implantação do programa de necessidades foi norteada pela análise dos condicionantes de projeto, deficiências e potencialidades do terreno.

O Aero Parque está zoneado em 6 diferentes usos: zona esportiva, institucional, cultural, comércio, lazer e apoio. As diretrizes são o eixo linear existente, a paisagem natural, a diversidade de usos, ser atrativo para todas as idades, ter acesso ao longo de todo o perímetro e ser inteiramente peatonal. Tem como conceito ser um espaço público aberto com função ambiental, social e estética, englobando componentes da paisagem natural e artificial, de forma a respeitar o desenho existente, que tem como predomínio a linearidade devido à pista de pouso e decolagem, pois possui forte reconhecimento por grande parte da população. Em virtude da diversidade de atividades, atenderá pessoas de ambos os sexos e todas as faixas etárias, além de contar com equipamentos e instalações acessíveis.

Deixe seu comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3778

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3778