A Sul Americana: Complexo Cultural de Eventos 

A imigração italiana para a localidade da atual cidade de Cotiporã, na Serra Gaúcha, iniciou-se em meados de 1885, com famílias vindas da região de Vêneto, na Itália. As famílias que ali se instalaram construíram cultura material e imaterial que está gravada em suas tradições e arquitetura com legado que perdura até os dias atuais. O objetivo deste trabalho visa propor uma forma de preservar parte dessa história que não é só municipal, mas que se relaciona com a história do Brasil.
Objeto desta proposta é a apresentação de um estudo de REVITALIZAÇÃO E CONSERVAÇÃO DO ANTIGO FRIGORÍFICO ‘A SUL AMERICANA’, alterando o uso para um complexo cultural e de eventos. O objetivo principal foi transformar área subutilizada, utilizando a estrutura existente, no centro da cidade, que foi um dos maiores frigoríficos do estado, em um ambiente que possa ser aproveitado para as necessidades das entidades públicas e privadas do município.
Este exemplar da arquitetura da imigração italiana no Rio Grande do Sul, hoje, encontra-se quase totalmente abandonado. São 4 pavilhões carregados de história e que não cumprem a sua função social no centro da cidade. E, por se tratar de exemplar não tombado em nenhum nível, encontra-se em risco de demolição, visto que não há interesse em sua conservação. Isso se deve, em parte, às profundas mudanças socioeconômicas que a vida rural conheceu com o passar dos anos, colaborando para que estas edificações de caráter histórico fossem degradadas e abandonadas.
Contudo, atualmente sabemos que a preocupação com essa herança cultural deixou de ser uma atitude retrógrada e de segundo plano. Hoje, a conservação e a preservação da história assumem um papel primordial na luta contra a especulação e na busca por atividades econômicas de cunho local relacionados à economia criativa.
O estudo visou identificar as edificações existentes e seus novos usos, a fim de preservar o patrimônio histórico, garantindo a memória e a identidade, requalificar e adequar as edificações para novas tecnologias, intervir na paisagem urbana e arquitetônica e readequar os espaços abertos.
A proposta alterou o uso das edificações para acolher um Centro Cultural com áreas multiuso para as atividades culturais do município que carecem de espaço físico apropriado (como orquestra, coral e grupos culturais municipais), uma casa de festas noturna (já existente), um bar/cateferia de integração e conexão com as áreas externas, e um restaurante capaz de abrigar eventos como casamentos e formaturas.
Além disso, por se tratar de um complexo multiuso que carrega grande parte da história do município, os espaços foram propostos de tal maneira a permitir o seu funcionamento de forma interdependente, mas também de forma conjunta para que o complexo como um todo pudesse receber os grandes eventos celebrados pelo município (festas típicas anuais). Uma vez que esses eventos visam atrair turistas, o objetivo é entregar ao visitante uma imersão na história da imigração italiana por meio da própria arquitetura.

Deixe seu comentário


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/premioiabrs/www/wp-includes/functions.php on line 3783